Author Bios

Intervenções:

  • A democracia encontra-se em risco na Europa. As recentes vitórias de partidos de extrema-direita são prova disso. Trazem consigo a hegemonia, o conservadorismo, o domínio de instituições financeiras e políticas contrárias a coisas que deveriam ser tão simples como Direitos Humanos, pondo, assim, fim à ilusão de uma política progressista que os discursos desenhavam para a União Europeia.

Opinião:

  • Os serviços públicos são cruciais em situações de crise. O que seria deste país se tudo tivesse sido privatizado? Mas, agora, até os liberais querem a intervenção do Estado na economia.

  • Qual não é o meu espanto quando hoje, 7 de Março, no seu habitual “Prestação de Contas”, num jornal regional, a Sra. Deputada Lara Martinho, eleita pelos Açores à Assembleia da República – pelos açorianos e açorianas que esperam o seu desempenho num trabalho profícuo pela sua/nossa região, tenha simplesmente feito nota da questão colocada e da resposta do Sr. Ministro

  • Mais uma vez, o grupo parlamentar do BE, na Assembleia da República, mostrou a forma séria como encara este problema, colocando as questões pertinentes, às devidas entidades: a razão para que o Comando Norte Americano não tenha assumido a responsabilidade; serão imputados os custos financeiros e ambientais aos EUA? O calendário da descontaminação destes solos, em concreto; e o relatório final de 2019.

  • Podemos, como é hábito na nossa região, atabalhoar e fazer as coisas pelo pequenino e pouco transformador, somente para iludir que vamos andando no sentido certo e encenar progressos para benefício imediato de uns poucos.

    Mas neste, como noutros campos,  porque não começar a fazer as coisas a sério?

  • Os Açores contam com 161 fortificações militares, de vários períodos históricos desde o seu povoamento. Estas fortificações encerram um potencial significativo e, se revitalizadas, são fontes de estímulo pedagógico para quem vive na Região, assim como para quem nos visita, com relevância social, económica e, obviamente, para a história militar.

  • ""Não sei se foste tu a escolher os Açores ou os Açores a escolherem-te, mas sei que foi a escolha acertada: uma verdadeira autonomista que muito se bateu para demonstrar que aprofundar a nossa autonomia não era uma utopia."

  • Apesar de ter recebido milhões de euros de dinheiros públicos, a Cofaco teve o descaramento de abandonar os funcionários da fábrica da Madalena à sua sorte, sem qualquer segurança nem reconhecimento pelos anos dedicados à empresa.

  • Se a saúde fosse uma prioridade deste governo e se houvesse uma preocupação com as pessoas, há muito que o PS poderia ter colocado um ponto final nas taxas moderadoras.

  • Infelizmente, os Açores registam a mais elevada taxa de incidência, com 3,9%. É este o reflexo de um quadro de desigualdades sociais resultantes de medidas políticas que pautam pela sua ineficácia. Nos Açores, nove municípios não aderiram à rede municipal solidária com as vítimas de violência doméstica.

  • Foi em maio de 2016 que, por proposta do Bloco de Esquerda, a freguesia do Porto Judeu foi elevada a vila.