Share |

Alexandra Manes alerta para a necessidade da diversificação agrícola nos Açores

Numa visita a uma exploração de café na ilha Terceira, a candidata do BE/Açores ao Parlamento Europeu, Alexandra Manes, referiu a necessidade de potenciar o desenvolvimento de outras culturas nos Açores, aproveitando as nossas características edafoclimáticas e a natureza dos nossos solos que são fatores determinantes para a qualidade de determinados produtos, neste caso concreto, o café.

“A minha visita a esta exploração permitiu, mais uma vez, apontar e acentuar a necessidade de uma profunda alteração às políticas agrícolas da União Europeia. Temos o exemplo das consequências do fim das quotas leiteiras, aceite por governos do PS e PSD/CDS e não impedido pelos eurodeputados eleitos pelos Açores no parlamento europeu”, referiu a candidata.

Alexandra Manes considera que está à vista de todos que a PAC tem sido um instrumento para beneficiar as grandes explorações agrícolas, fomentando o desenvolvimento de uma política assente na agricultura intensiva e com recurso à aplicação de pesticidas.

“Todos e todas nós sabemos dos efeitos que advirão das alterações climáticas, cabendo-nos a nós exigir um combate no sentido de mitigar esses efeitos, para tal há que defender o ambiente e a sua biodiversidade, opondo-nos a toda a política da EU seguida até aqui.”, disse Alexandra Manes.

A candidata referiu ainda “que este tipo de exploração agrícola, familiar e biológica deve ser aposta e deve ser devidamente apoiada, a qual permita a substituição dos produtos industriais, tornando os Açores num local com produtos de excelência, pela sua qualidade.”.