Share |

Alexandra Manes quer criar Fundo de Emergência Social na Praia da Vitória

Alexandra Manes, candidata do Bloco de Esquerda na Praia da Vitória, apresentou hoje a proposta de criação de um Fundo de Emergência Social e do Conselho Municipal de Ação Social, medidas que vão resolver muitos problemas concretos das famílias que passam por dificuldades.

O Fundo de Emergência Social destina-se a responder a dificuldades pontuais e que não possam esperar por processos burocráticos que demoram algum tempo.

A candidata do BE explica que a criação deste Fundo de Emergência Social irá garantir, por exemplo, “o pagamento de despesas mensais de água e luz, ou cuidados de saúde”, em situações em que as famílias se vejam de forma inesperada em dificuldade. Esta resposta de emergência, por parte da autarquia, vai evitar situações em que o acesso a estes direitos básicos – água e eletricidade – seja cortado, ou que as pessoas não possam aceder a cuidados de saúde ou medicamentos de que precisem imediatamente.

Há situações que não podem “depender da carga burocrática existente”, tem que haver uma resposta imediata durante o período de tempo entre o pedido de apoio realizado na Secretaria Regional da Solidariedade Social e a altura em que este apoio chega efetivamente às famílias.

Alexandra Manes anunciou também a criação de um Conselho Municipal de Ação Social, um órgão que tem a missão de fazer a ligação entre a autarquia, os beneficiários dos apoios sociais, e as Instituições Particulares de Solidariedade Social.

“O BE privilegia os programas de apoio social que cumprem o acesso a direitos, e não o exercício da mera solidariedade”, por isso, a candidata entende que é necessário haver um órgão que regule a relação entre a autarquia da Praia da Vitória e os beneficiários dos apoios sociais.

A candidata acredita que, “num concelho que está repleto de lacunas sociais”, estas medidas “vão dar resposta a muitos problemas e vão fazer a diferença na vida de muitas pessoas”.