Share |

BE agenda debate de urgência sobre investigação e política de ciência

O Bloco de Esquerda vai suscitar um debate de urgência sobre “Investigação, Conhecimento e Política de Ciência, na Região Autónoma dos Açores” no plenário que se realiza na próxima semana. O anúncio foi feito hoje pela líder do grupo parlamentar do BE, Zuraida Soares, após uma audição, no parlamento, ao secretário regional do Mar, Ciência e Tecnologia, em que muitas questões relacionadas com estes temas ficaram por esclarecer.

A investigação científica e produção de conhecimento são áreas que podem vir a ter um profundo impacto no desenvolvimento económico dos Açores. No entanto, a evidente incerteza demonstrada pelo Governo Regional deixa claro que não há uma política de Ciência bem definida.

É fundamental perceber que articulação e harmonização há, ou poderá haver, entre as várias instituições científicas envolvidas na investigação do Mar – DOP, IMAR, MARE, Okeanos, Observatório do Atlântico, AIR Center – e, acima de tudo, qual será o papel dos Açores nestes “centros” de investigação que estão a surgir.

Além destas questões gerais sobre a definição de uma política global e integrada para o desenvolvimento da Ciência nos Açores, importa também esclarecer especificamente qual será a resposta do Governo às consequências do anunciado encerramento do IMAR, nomeadamente quanto ao futuro dos investigadores, que já começaram a receber cartas de despedimento. Estamos a falar de investigadores – em alguns casos com mais de vinte anos de trabalho nos Açores – que a Região não pode desperdiçar.

Estas e outras questões, que não foram esclarecidas na audição do secretário regional – umas por falta de tempo, outras por falta de certezas – serão abordadas no debate que será agendada para o início da próxima semana, no parlamento dos Açores.