Share |

BE condena manutenção do abate de animais saudáveis no canil de Ponta Delgada até 2022

O Bloco de Esquerda lamenta que o novo regulamento do canil municipal de Ponta Delgada, aprovado hoje na última reunião da Assembleia Municipal do atual mandato, mantenha o abate de animais saudáveis até 2022.

“Não podemos deixar de condenar que o maior município dos Açores perca a oportunidade de liderar a Região no que respeita ao fim dos abates, não se antecipando à obrigação legal de abate zero a partir de 2022”, disse a deputada municipal do BE, Vera Pires, justificando o voto contra este novo regulamento.

Vera Pires, considera que não houve “ambição”, nem “respeito devido pela causa animal”, porque estavam reunidas todas as condições para que o abate zero fosse uma realidade em Ponta Delgada.

A deputada municipal do Bloco lembra que, no continente, o abate zero entrará em vigor já a partir do próximo ano.