Share |

BE defende programas de combate à toxicodependência e violência nas escolas da Ribeira Grande

O candidato do Bloco de Esquerda à autarquia da Ribeira Grande defende a implementação de programas de combate à toxicodependência, violência no namoro e violência doméstica em todas as escolas do concelho, e defende uma aposta forte na Educação como fator de desenvolvimento da Ribeira Grande.

“O concelho mais jovem do país tem que apostar fortemente na educação das suas crianças e jovens para que no futuro seja um concelho mais desenvolvido”, disse António Lima, em declarações aos jornalistas numa ação de campanha à porta da Escola Secundária da Ribeira Grande.

Impedido de entrar na escola por ter sido recusado um pedido de visita enviado ao conselho executivo, António Lima denunciou a sobrelotação da Escola Secundária da Ribeira Grande, que tem 1400 alunos, quando a sua capacidade é de apenas 800.

O candidato do BE entende que a autarquia tem que ser mais reivindicativa junto do Governo Reigonal no sentido de garantir condições dignas para os alunos das escolas do concelho, e não pode aceitar que existam alunos a ter aulas num refeitório, ou em contentores pré-fabricados, como acontece nesta escola.

“Estas condições não são aceitáveis no concelho mais jovem do país”, disse António Lima, que defende a realização de obras de ampliação da escola.