Share |

BE defende soluções alternativas à incineração

A  Coordenadora Regional do BE/Açores e os deputados Municipais reuniram hoje com a Câmara do Nordeste para analisar as soluções do tratamento de resíduos sólidos urbanos, nomeadamente a opção de tratamento mecânico e biológico em alternativa à incineração prevista pela AMISM e Governo Regional.

Não se tendo posicionado quanto à construção da incineradora em S.Miguel, o executivo da Câmara  do Nordeste disse esperar  que a opção da incineração não invalide a continuação da central de vermicompostagem existente neste concelho.

O Bloco de Esquerda/Açores, lamentando o silêncio das restantes forças políticas e a falta de informação aos munícipes  sobre o a opção da AMISM e do Governo Regional pela incineração, defendeu uma vez mais a necessidade de um amplo debate público sobre o assunto. Neste sentido se insere o Referendo local nos municípios de Ponta Delgada e Ribeira Grande, proposto pelos respetivos deputados municipais.

O Bloco de Esquerda/A defende como alternativa uma solução integrada de tratamento mecânico/  biológico que privilegie a reciclagem, compostagem/ vermicompostagem dos resíduos orgânicos. Esta é a solução mais sustentável em termos ambientais, económicos e de saúde pública, permitindo ainda a criação de mais postos de trabalho.

Os Referendos locais são uma oportunidade para a discussão pública desta questão tão controversa e extremamente importante, que compromete as gerações vindouras e toda a Região. O BE/Açores  desafia deste modo os executivos municipais a fundamentarem a  sua opção pela incineração e a ouvirem a opinião dos seus munícipes.