Share |

BE lamenta insensibilidade da autarquia da Praia da Vitória em dia de luto pelas vítimas de violência

Bandeiras hasteadas em dia de luto nacional

A autarquia da Praia da Vitória demonstrou uma grande falta de sensibilidade perante o flagelo social que é a violência sobre as mulheres, que só este ano já provocou 12 vítimas mortais. O Bloco de Esquerda da Ilha Terceira lamenta que esta autarquia nem sequer tenha cumprido o ato simbólico de colocar as bandeiras a meia haste, ontem, dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica.

O Presidente da República, através da promulgação de um decreto do Governo da República, instituiu que ontem seria um dia de luto nacional pelas vítimas de violência doméstica. Em dias de luto nacional, a legislação determina que a bandeira nacional – bem como as restantes que a acompanhem – devem ser colocadas a meia haste.

O incumprimento deste ato simbólico pela Câmara Municipal da Praia da Vitória demonstra uma indiferença incompreensível perante o problema da violência doméstica, que, também nos Açores, é preciso condenar e combater com todas as forças.