Share |

BE/Açores apresenta proposta para que seja criado um grupo de teatro profissional na região.

O projeto de decreto legislativo regional, a ser apresentado pelo BE na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, propõe que o executivo açoriano crie um grupo de teatro profissional, através de uma entidade pública empresarial regional, definindo os seus estatutos.

Paulo Mendes, reforçou que o facto de do grupo de teatro ter sede na Terceira, não significa que este se centralize, sendo que, nos seus estatutos, se encontra definida a obrigatoriedade de levar anualmente, pelo menos, duas peças de teatro a cada ilha do arquipélago.

 O deputado Paulo Mendes referiu ainda que os Açores têm vários grupos de teatro amadores em várias ilhas, mas que a criação de um grupo profissional não vai no sentido de os substituir, pelo contrário, pretende reforçá-los.

“A proposta do BE prevê que o grupo de teatro profissional tenha como obrigação “dar formação contínua aos vários grupos de teatro amador, espalhados por todas as ilhas dos Açores”, frisou.

 “Com isso, pretendemos que este grupo de teatro profissional tenha uma componente fortemente pedagógica, não só ao garantir a formação aos grupos de teatro amador, mas também levar o teatro cada vez mais a uma maior variedade de públicos”, frisou Paulo Mendes.

O deputado considerou também “fundamental que este futuro grupo de teatro profissional tenha um enfoque na atividade teatral junto das crianças e dos mais jovens”.

Paulo Mendes salientou que esta era uma proposta desde há muito acarinhada pela ex-deputada Zuraida Soares.