Share |

BE/Açores defende adopção de mecanismos de actualização dos cadernos eleitorais

 

1 - Segundo os censos realizados em 2011, os Açores têm cerca de 247 mil habitantes, e, de acordo com notícias vindas a público, existem cerca de 233 mil eleitores, ou seja, há apenas uma diferença de 6% entre o número de residentes e o número de eleitores, o que é impossível;

2 – Por outro lado, ainda segundo os censos de 2011 a população até aos 18 anos – que não vota – é de 60 mil pessoas, ou seja, 25% da população. Em relação à população total, teríamos, então, cerca de 190 mil eleitores e não 233 mil;

3 – Esta situação surreal e contraditória demonstra que a não actualização dos cadernos eleitorais, usada para fins populistas de ataque à real representatividade entre eleitos e eleitores, é afinal um verdadeiro ataque à democracia;

4 – Para o BE/Açores, o que tem que ser feito, em vez de se atacar a democracia, é actualizar o recenseamento e criar técnicas e metodologias que permitam a sua actualização, em tempo real, no futuro;

5 – Se ainda for possível fazer esta actualização, e retirar dela todas as consequências para o acto eleitoral de Outubro, tal facto terá o apoio incondicional do BE/Açores.