Share |

Em resposta ao BE Governo admite fixar sede de futura empresa de transporte marítimo no Faial

Em resposta à pergunta da deputada Zuraida Soares sobre a localização da sede da futura empresa pública de transporte marítimo que resultará da fusão da Transmaçor e da Antlanticoline, que o Bloco de Esquerda defende que deve ser instalada na ilha do Faial, o secretário regional do Turismo e Transportes admitiu esta hipótese, considerando mesmo que “não há razão objectiva nenhuma para que a sede não seja na Horta”.

Esta não foi a primeira vez que o Bloco de Esquerda questionou o membro do governo sobre esta matéria, mas só agora obteve uma resposta que compromete a decisão futura, e que só poderá ir no sentido de cumprir esta reivindicação do Bloco de Esquerda, e da população do Faial.