Share |

Orçamento da autarquia da Ribeira Grande para 2017 é “enorme desilusão”

O Bloco de Esquerda votou contra o Orçamento da autarquia da Ribeira Grande para 2017 por ser “magro e incapaz de dar resposta abrangente aos problemas do concelho, repetitivo em multiplos aspetos, constituindo assim uma enorme desilusão para as expectativas criadas, principalmente no que diz respeito às necessidades, lacunas e anseios no campo social”, disse o deputado municipal do BE, Luís Carlos Brum.

Na última reunião da Assembleia Municipal foi aprovado, por proposta da Bloco de Esquerda, a ação junto da Direção Regional do Ambiente para que sejam replantadas árvores na Avenida D. Paulo José Tavares, em Rabo de Peixe. As árvores foram plantadas há cerca de um ano, mas acabaram todas por morrer por falta de cuidado.

Nesta reunião, o Bloco de Esquerda viu ainda aprovada uma proposta relacionada com a segurança rodoviária, nomeadamente, a instalação de sinalização de redução de velocidade na descida do Morro da Ribeira Seca, junto ao Hotel Resort, onde têm ocorrido acidentes com muita frequência, e ainda a demolição ou encerramento do acesso a um edifício em ruínas, junto do polidesportivo José Horácio Borges, que tem sido utilizado como local para consumo de drogas e tem sido alvo de atos de vandalismo.