Share |

Luís Fazenda: "Voltamos à escola da naftalina e do antigamente"