Opinião

O PS e o seu governo perderam ambição e vontade de transformação; gerem a Região como forma a manter uma elite económica bem instalada, ao mesmo tempo que promovem o atropelo dos direitos dos trabalhadores favorecendo uma política de precariedade e baixos salários.

Adere ao Bloco

Destaque

O Bloco de Esquerda alcança o melhor resultado de sempre em eleições regionais - 3962 votos (3,81%) - e elege António Lima por São Miguel e Alexandra Manes pelo Círculo Regional de Compensação.

“O PS tem pavor de deixar de mandar em tudo o que se faz nos Açores”, disse António Lima, no encerramento da campanha, hoje no Faial, em que apelou ao voto no Bloco para que o partido tenha “mais força e maior capacidade para a necessária transformação dos Açores numa região mais justa e mais desenvolvida”.

Notícias

A três dias do fim da campanha, António Lima, coordenador do Bloco de Esquerda, está satisfeito com a “campanha de ideias” e de “apresentação de soluções” que o partido tem feito, e acusa o PS de estar preocupado apenas em manter o poder e a maioria absoluta.

António Lima defendeu hoje o aumento do investimento na produção de energia a partir de fontes renováveis e criticou o apoio de Vasco Cordeiro e José Manuel Bolieiro à incineração, que vai produzir energia a partir da queima de lixo.

António Lima acusa o Governo Regional de bloquear os aumentos de salários dos trabalhadores das IPSS, que recebem menos que os seus colegas que fazem o mesmo trabalho na função pública. O Bloco insiste na necessidade de se rever o modelo de financiamento das IPSS para aumentar as transferências da Região, de modo a permitir o aumento de salários dos seus trabalhadores.

Hoje o BE visitou a pequena propriedade de Franco Ceraolo, presidente da Associação de Criadores e Amigos do Burro Anão da Ilha Graciosa. Vinte anos de trabalho dedicado ao levantamento, reconhecimento e preservação de uma raça que se encontrava seriamente ameaçada de extinção.

Dossiers

Assina