Share |

BE quer manter sinal analógico de televisão nas Flores e Corvo até haver cabo de fibra óptica

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda entregou hoje na Assembleia Legislativa dos Açores um projecto de resolução que pretende recomendar ao Governo Regional a manutenção da difusão do sinal televisivo analógico nas ilhas das Flores e do Corvo, enquanto não se estabelecer a ligação do cabo de fibra óptica (que possibilita a difusão regular do sinal de Televisão Digital Terrestre – TDT) a estas ilhas.

Isto porque, enquanto esta ligação não for concretizada, a única forma de aceder ao sinal digital de televisão nas ilhas do Grupo Ocidental é através de um “kit TDT complementar via satélite”, que obriga à instalação de uma antena parabólica, cujo custo deve ser adiantado pelo próprio utilizador, a que acresce eventual pagamento de instalação, principalmente nos casos de pessoas mais idosas e com maiores dificuldades em procederem à auto-instalação do referido kit.

A iniciativa dos deputados do Bloco de Esquerda apresentada hoje recorda que a extensão do cabo de fibra óptica às ilhas das Flores e do Corvo está assegurada, para breve, pelo compromisso assumido pelo Secretário Regional da Ciência, Tecnologia e Equipamentos, no âmbito da instalação na nossa Região das Redes de Nova Geração.

O Grupo Parlamentar do BE alerta ainda para o impacte visual negativo que a instalação de uma antena parabólica em cada casa das ilhas do Grupo Ocidental, ambas galardoadas pela UNESCO como Reservas da Biosfera, e que são muito visitadas por turistas.

Recorde-se que o sinal analógico de televisão foi desactivado nos Açores no passado dia 22 de Março.