Share |

BE/Açores exige reconstrução da sala de espetáculos da Fanfarra Gago Coutinho e Sacadura Cabral

 

O candidato do BE/Açores pelo círculo eleitoral da ilha Terceira, Paulo Mendes, considera urgente a reconstrução e reabilitação da sala de espetáculos da Fanfarra Operária Gago Coutinho e Sacadura Cabral, exigindo o cumprimento de uma promessa do Governo Regional para que dois milhões de euros sejam um investimento e para que um milhão de euros não se torne num desperdício.

Isto porque, durante a campanha eleitoral das Regionais de 2008, o Governo Regional, numa manobra eleitoralista, inaugurou a primeira fase da obra, em que investiu à volta de 1 milhão de euros. Ora, esse é um investimento que só será devidamente rentabilizado, com a conclusão da segunda fase da obra, com um valor estimado correspondente à primeira fase, a reconstrução da emblemática sala de espetáculos desta instituição.

O candidato do BE/Açores considera que esta é uma instituição que não pode ficar limitada à sua sede social, sob pena de não conseguir cumprir a sua principal missão histórica, a dinamização do cinema, teatro e música.

Para Paulo Mendes, a dinamização do serviço público exercido por instituições geridas por voluntários deve ser devidamente apoiada. No caso da Fanfarra Operária Gago Coutinho e Sacadura Cabral, o desporto, através do ténis de mesa, a cultura através da filarmónica e o apoio social às pessoas das freguesias circundantes de Angra do Heroísmo são serviços que são, simultaneamente, geridos e estão ao serviço da comunidade.

No âmbito da pré-campanha para as próximas eleições regionais, os candidatos do BE pela círculo eleitoral da Terceira reuniram com a Direção da Fanfarra Operária Gago Coutinho e Sacadura Cabral, com o objetivo de conhecer o papel desta instituição na dinamização comunitária da freguesia da Conceição.