Expetativas exageradas e confusões geradas pelos dois governos descredibilizam projeto do Porto Espacial de Santa Maria

O Bloco de Esquerda considera que a enorme confusão gerada em torno do lançamento do novo concurso para a construção e exploração de um porto espacial em Santa Maria contribui para a descredibilização do projeto e lamenta que atual e o anterior governo regional tenham procurado gerar expectativas exageradas quanto à rapidez da implementação do projeto e até quanto às garantias da sua concretização.

Quer o anterior governo, do PS, quer o atual governo, do PSD, CDS e PPM, tentaram fazer crer aos marienses que este projeto era um dado adquirido, mas a realidade encarregou-se de demonstrar que nada estava assegurado à partida, e as recentes declarações da secretária regional da Cultura, Ciência e Transição Digital vieram criar ainda mais dúvidas e confusão.

No mesmo dia em que foi publicada a resolução do Conselho do Governo a autorizar o lançamento do concurso, a secretária regional da Ciência anuncia que afinal, o concurso poderá, talvez, ser lançado para o fim do ano, alegando que primeiro é necessário realizar estudos de impacto ambiental e estudos económico-financeiros, e que só agora o Governo chegou a esta conclusão.

É incompreensível que só depois de publicar em Jornal Oficial a autorização para o lançamento do concurso, o Governo conclua quais os trâmites deste tipo de concurso público, quando há meses o Governo se refere às questões jurídicas que estariam a ser analisadas.

Lembramos que o anterior Governo Regional, do PS, afirmava que os estudos de impacto ambiental seriam apresentados pelas empresas concorrentes e não antes do lançamento do concurso.

Agora, o atual governo PSD, CDS e PPM vem dizer que os estudos de impacto ambiental serão realizados mesmo antes de se conhecer qual o projeto vencedor, ou seja, ainda antes de se conhecer qual o projeto a instalar, sendo difícil compreender como será isso operacionalizado.

A confusão que se vive neste projeto e que se vem agravando nos últimos tempos acaba por retirar a pouca credibilidade que resta ao processo de instalação do projeto do porto espacial em Santa Maria.

Share this