Share |

Plano de emergência para fazer face a abandono da Base das Lajes

Perante a decisão da administração norte-americana de reduzir significativamente o número de militares americanos e de trabalhadores portugueses na Base das Lajes, que terá impactos económicos e sociais gravíssimos para a Praia da Vitória e para a ilha Terceira, o Bloco de Esquerda reitera a necessidade de o Governo da República accionar um plano de emergência que minimize as consequências. Uma proposta, aliás, que o BE apresentou na discussão do Orçamento de Estado para 2015 e que foi, lamentavelmente, chumbada pelo PSD e CDS.

Reagindo a esta informação, que foi hoje dada a conhecer pelo embaixador norte-americano em Lisboa, o Bloco de Esquerda lembra as palavras do ministro dos Negócios Estrangeiros, que, ainda esta semana, afirmou que qualquer desinvestimento na Base das Lajes por parte da administração norte-americana teria consequências nas relações diplomáticas e de amizade entre Portugal e os Estados Unidos.

Chegou o momento de o senhor ministro e o Governo da República passarem das palavras aos actos.

Ao Governo Regional cabe a defesa intransigente dos interesses dos Açores e dos direitos do povo açoriano. Está na hora de o demonstrar.