Últimas da Região

Janeiro 8, 2024

A candidata do Bloco de Esquerda pela Terceira, Alexandra Manes, defende que todas as ajudantes de educação das IPSS devem passar a ter um horário de trabalho de 35 horas e propõe que esta injustiça seja resolvida através da introdução de uma cláusula, nos acordos de cooperação entre o governo e as instituições, que recomende a prática da igualdade de horário.

Janeiro 8, 2024

Fica bem claro que a governação de direita (PSD/CDS/PPM) não trouxe nada de novo para a Terceira em matéria de descontaminação, percebendo-se que este problema foi utilizado pelo PSD e CDS para fazer oposição ao PS, mas como estão todos submissos aos interesses norte-americanos, quando chega a “hora h”, nada fazem, apesar de estarem no poder.

Janeiro 7, 2024

“A privatização da SATA que a direita está a fazer poderá deixar o Faial sem ligações com o exterior”, o alerta foi feito ontem por António Lima, num jantar com apoiantes na cidade da Horta, em que o coordenador acusou José Manuel Bolieiro de querer fechar a SATA Internacional em vez de a salvar.

Janeiro 6, 2024

O atraso na obra do Tecnopolo Martec, na Horta, é um sinal do “desinvestimento deste governo no Faial e da sua falta de estratégia para o mar e para a ciência”, disse hoje António Lima. O Bloco insiste que é urgente a criação de uma grande Centro de Investigação Científica sobre o Mar no Faial para que a Região possa liderar no conhecimento sobre o mar e proteger os interesses dos Açores.

Janeiro 6, 2024

“A Saúde ficou esquecida durante os três anos do governo da coligação de direita”, disse António Lima, que criticou o facto de o PRR direcionar apenas 30 milhões de euros para a Saúde, quando há tanta necessidade de investimento, e quando há, por exemplo, 125 milhões de euros para a recapitalização das empresas que continuam totalmente inutilizados.

Janeiro 5, 2024

Aurora Ribeiro, candidata do Bloco pelo círculo do Faial esteve ontem nos prédios da Rádio Naval, um exemplo de edifícios públicos devolutos que poderiam servir de habitação aos faialenses. A candidata lembra que o tempo que durou esta legislatura teria sido suficiente para reabilitar estes edifícios e disponibilizá-los a custos acessíveis à população. Estes quatro prédios são constituídos por 24 apartamentos sem utilização desde 2013, e encontram-se num estado de degradação crescente.

Janeiro 4, 2024

O Bloco de Esquerda aponta o combate ao abandono escolar precoce como uma prioridade para a próxima legislatura. Nos Açores, 26% dos jovens abandonam a escola antes de concluir a escolaridade obrigatória, quando no continente a média é de 6%. António Lima defende a implementação de um plano de combate ao abandono escolar precoce que permita atingir a média nacional no prazo de 5 anos.

Janeiro 4, 2024

São mesmo precisas mudanças. Só uma rutura com a política das últimas décadas, uma verdadeira viragem à esquerda, pode trazer resultados diferentes e não mais do mesmo. 

Janeiro 2, 2024

A nossa vida é, então, marcada pela busca da supressão de necessidades e é nisso que a política se deve enquadrar, sempre num ponto de vista consequente e integrado.