Opinião

Na escolha que se coloca entre potenciar o setor público para que os seus proveitos sejam utilizados na construção de uma sociedade mais coesa e menos desigual, ou utilizar o património público para enriquecer uma meia dúzia, o PS/Açores escolheu, mais uma vez, o lado dos poderosos.

Sentir, mais uma vez, que estamos do lado certo da história dá força para que outras lutas se enfrentem e se travem com tanta garra como a dos moradores e moradoras do Bairro de Santa Rita.

Adere ao Bloco

Destaque

Na XI Convenção Nacional do Bloco de Esquerda, António Lima – que foi reeleito como membro da Mesa Nacional, o órgão máximo do partido entre Convenções – alertou para a verdadeira matriz ideológica do PS, que nos Açores, onde governa há 22 anos, quase sempre com maioria absoluta, implementa medidas de direita, dando como exemplo os sectores dos Transportes, Educação e Saúde, em que os grandes interesses económicos privados são beneficiados, em detrimento dos serviços públicos.

No seguimento da recente aprovação no parlamento do projeto de resolução “pela salvaguarda dos legítimos interesses dos moradores no Bairro de Santa Rita e do direito dos proprietários à justa indeminização”, que estabeleceu que todas as diligências efetuadas no âmbito deste processo devem ser comunicadas ao parlamento, o Bloco de Esquerda enviou hoje requerimento a solicitar o acesso ao acordo de compra e venda dos terrenos, e endereçou uma série de perguntas ao Governo Regional sobre o desenvolvimento do processo.

Notícias

O Bloco de Esquerda quer que o secretário regional da Saúde vá ao parlamento prestar esclarecimentos sobre situações relatadas numa denúncia anónima que estão relacionadas com o funcionamento do Centro de Saúde de Vila do Porto e com a conduta do seu diretor clínico, nomeadamente falhas em cuidados de saúde prestados a dois menores de idade com consequências alegadamente graves, e situações de perseguição a profissionais do Centro de Saúde.

O Bloco de Esquerda Açores manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento de Paulo Parece – deputado do PSD na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores – e apresenta sentidas condolências à família, amigos e ao Partido Social Democrata Açores.

O Bloco de Esquerda alerta para o facto de o local destinado à aterragem de helicópteros na freguesia da Ribeira Quente em caso de emergência não estar assinalado nem vedado, sendo utilizado com frequência como parque de estacionamento ou recinto de festas. Em requerimento dirigido ao Governo Regional, os deputados do BE exigem que a população seja esclarecida sobre as condições de utilização deste meio de socorro que pode ser a única forma de evacuação em caso de obstrução da estrada de acesso à freguesia.

O Bloco de Esquerda quer saber por que razão deixou de haver ligação da Atlanticoline às Flores no mês de setembro pela linha amarela. Embora esteja a ser respeitado o limite mínimo de ligações estabelecidas no âmbito das obrigações de serviço público, o BE entende que a realização de viagens em setembro poderia beneficiar não só os residentes, mas iria permitir também o aumento do número de visitantes.

Dossiers

Assina