Opinião

O BE defende que a saúde deve ser para todos e gratuita. A eliminação das taxas moderadoras nas consultas e exames, aprovada agora por iniciativa do BE no parlamento dos Açores, é uma passo muito importante para alcançar este objetivo.

Adere ao Bloco

Destaque

Insistir na construção do novo estabelecimento prisional de São Miguel num terreno onde atualmente existe um monte de bagacina que vai demorar três anos e custar três milhões de euros a limpar é “absurdo e rídículo”. “A única explicação é que o PS não quer construir nenhum estabelecimento prisional, quer apenas empurrar com a barriga, ganhar tempo e enganar as pessoas”, acusa o deputado António Lima.

O Bloco de Esquerda enaltece o papel das associações de proteção dos animais, que, em várias ilhas, acabam por desempenhar um papel fundamental que deveria caber às autarquias, nomeadamente, o acolhimento de animais abandonados. O deputado Paulo Mendes salientou “a relevância que deve ser dada a muitos cidadãos que se dedicam de corpo e alma ao bem-estar animal e que muitas vezes se deparam com obstáculos que não deviam existir”.

Notícias

O Bloco de Esquerda quer que seja identificado um novo terreno para a construção do futuro estabelecimento prisional de São Miguel: um terreno que tenha as condições adequadas ao início das obras num espaço de tempo e com custos inferiores ao que está atualmente previsto, e de modo a que possa entrar em funcionamento até final da atual legislatura. A proposta foi entregue hoje com pedido de urgência no parlamento dos Açores e poderá ser debatida e votada no plenário que está a decorrer esta semana.

As respostas da rede de creche e ATL entre as freguesias de São Bartolomeu e Altares, na zona oeste de Angra do Heroísmo vão ser reforçadas, por proposta do Bloco de Esquerda aprovada hoje no parlamento. Paulo Mendes, deputado do BE diz que este é “um primeiro passo muito importante para finalmente serem supridas as necessidades de ATL e no futuro também de creches na zona entre as freguesias de São Bartolomeu e Altares”.

O Bloco de Esquerda vai lutar a uma só voz na Região e na República “por uma lei do mar que aprofunde os poderes autonómicos e defenda os superiores e legítimos interesses dos Açores”, garantiu o deputado António Lima, numa declaração política proferida hoje no parlamento dos Açores.

O Bloco de Esquerda apresentou hoje no parlamento dos Açores um voto de protesto pela incapacidade do Governo Regional em garantir o abastecimento à ilha das Flores nas últimas semanas de 2019 e nas primeiras de 2020, deixando a ilha com falta de produtos alimentares e bens de primeira necessidade. O voto de protesto mereceu o apoio de todos os partidos da oposição, mas foi rejeitado pelos votos dos deputados do PS, que se recusam a reconhecer a inoperância, desorganização e descoordenação do Governo Regional nesta matéria.

Dossiers

Assina