Share |

BE/São Miguel quer mais elementos no SEPNA para dar resposta permanente a animais em perigo

O Bloco de Esquerda São Miguel defende o reforço do número elementos do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR nos Açores para garantir uma resposta mais eficaz às situações de emergência, que podem fazer a diferença entre a vida e a morte de um animal em perigo.

A situação ocorrida no passado fim-de-semana, em que um animal acabou por morrer devido à falta de condições em que se encontrava num terreno privado – o que impediu a intervenção de pessoas que estavam no local – demonstra que é necessário reforçar o efetivo de elementos do SEPNA, por forma a garantir que haja resposta a situações urgentes 24 horas por dia, mesmo que em regime de prevenção.

A proteção da natureza e dos animais não tem hora marcada, por isso é necessário dar condições ao SEPNA para intervir com prontidão e eficácia sempre que se revele necessário.

O BE/São Miguel considera também que é necessário apostar cada vez mais em ações de sensibilização e na educação para a promoção do bem-estar animal, porque a proteção dos animais não se pode fazer só pela via da fiscalização e pela via judicial, mas principalmente pela mudança de mentalidades e pela consciencialização de que os animais não são objetos, mas seres sensíveis, como, aliás, a lei já reconhece.