Share |

Bloco quer saber qual o valor dos prejuízos do furacão Lorenzo comunicados oficialmente pelo Governo Regional à República

O Bloco de Esquerda estranha que o presidente do Governo Regional tenha ocultado o valor dos danos comunicado oficialmente pela Região ao Governo da República nas recentes declarações públicas que fez acerca do despacho do primeiro-ministro que aplica um teto máximo ao apoio para a reconstrução dos danos provocados pelo furacão Lorenzo.

O Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda solicitou assim, hoje, através de requerimento, cópia do documento enviado pelo Governo Regional ao Governo República com a proposta de reconhecimento de elegibilidade da inventariação e da quantificação dos danos e prejuízos causados pelo furacão.

Num primeiro momento, logo após o furacão, o Governo Regional liderado por Vasco Cordeiro tinha avançado um valor de prejuízos de 330 milhões de euros, mas uma resolução do Concelho de Ministros de novembro de 2019, determinou que “o reconhecimento de elegibilidade da inventariação e quantificação exata dos danos e prejuízos causados pelo furacão Lorenzo na Região Autónoma dos Açores é fixado por despacho do Primeiro-Ministro, sob proposta do Governo Regional dos Açores”.

Tendo em conta que o despacho do primeiro-ministro já foi publicado, é importante saber qual foi o valor exato de prejuízo comunicado oficialmente pelo Governo Regional ao Governo da República.

O Governo da República comprometeu-se desde o início a suportar 85% dos prejuízos provocados pelo furacão Lorenzo nos Açores. Mas no despacho do primeiro-ministro ficou agora estabelecido um teto máximo de 198 milhões de euros.

Se os 198 milhões de euros garantidos pelo Governo da República não forem suficientes para cobrir 85% dos prejuízos, o Governo da República terá enganado os Açorianos. Mas se esse valor for suficiente para cobrir 85% dos prejuízos do furacão, é o Governo Regional que está a tentar usar este assunto com fins eleitorais, escondendo o valor total dos prejuízos de modo a tirar dividendos eleitorais.

O Bloco de Esquerda considera que a divulgação do documento solicitado é urgente para que se perceba, de forma clara, os reais contornos deste assunto.

@font-face
{font-family:"Cambria Math";
panose-1:2 4 5 3 5 4 6 3 2 4;
mso-font-charset:0;
mso-generic-font-family:roman;
mso-font-pitch:variable;
mso-font-signature:-536870145 1107305727 0 0 415 0;}@font-face
{font-family:Calibri;
panose-1:2 15 5 2 2 2 4 3 2 4;
mso-font-charset:0;
mso-generic-font-family:swiss;
mso-font-pitch:variable;
mso-font-signature:-536859905 -1073732485 9 0 511 0;}p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal
{mso-style-unhide:no;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:"";
margin:0cm;
margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:12.0pt;
font-family:"Times New Roman",serif;
mso-fareast-font-family:"Times New Roman";}p.Predefinio, li.Predefinio, div.Predefinio
{mso-style-name:Predefinição;
mso-style-unhide:no;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:"";
margin-top:0cm;
margin-right:0cm;
margin-bottom:10.0pt;
margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
mso-hyphenate:none;
font-size:11.0pt;
font-family:"Calibri",sans-serif;
mso-fareast-font-family:"Times New Roman";
mso-fareast-language:AR-SA;}.MsoChpDefault
{mso-style-type:export-only;
mso-default-props:yes;
font-size:10.0pt;
mso-ansi-font-size:10.0pt;
mso-bidi-font-size:10.0pt;}div.WordSection1
{page:WordSection1;}