Share |

Depois de muitas tentativas do Bloco o fim do abate de animais foi finalmente aprovado

Depois de várias tentativas do Bloco de Esquerda ao longo dos últimos cinco anos para pôr fim ao abate de animais saudáveis nos canis dos Açores, a medida vai finalmente entrar em vigor. “É com alegria que vejo, finalmente, esta câmara unida pela causa animal”, disse a deputada do Bloco de Esquerda, Alexandra Manes, após a aprovação na generalidade da proposta do Bloco de Esquerda.

“Hoje é um dia especial. O dia em que finalmente há uma maioria no parlamento dos Açores para acabar com esta prática desumana”, disse a deputada do Bloco de Esquerdam, que lembrou que “as tentativas anteriores do Bloco de Esquerda de acabar com o abate de animais acabaram sempre por ser rejeitadas pela maioria dos deputados desta casa, incluindo alguns que agora, felizmente, evoluíram na sua posição”.

Alexandra Manes salienta que a aprovação do fim do abate de animais – que estava previsto apenas para 2022 – “vai proteger a vida de muitos animais”.

“Há ainda um caminho a fazer na defesa dos direitos dos animais e no apoio a quem se dedica diariamente a esta causa. O Bloco de Esquerda está pronto para percorrer este caminho e espera que também noutras questões do bem-estar animal a atual composição deste parlamento permita avanços importantes”, adiantou a deputada do Bloco de Esquerda, que, durante o debate saudou “as muitas pessoas que todos os dias disponibilizam o seu tempo, a sua saúde emocional, e as suas poupanças para o resgate, tratamento, alimentação, carinho e adoção” de animais.