Share |

Governo Regional confiscou subsídio por estar tão amarrado à Troika quanto a República

 

À margem da reunião com o Conselho de Administração da EDA, realizada esta tarde, a deputada do Bloco de Esquerda no parlamento açoriano acusou o presidente do Governo Regional de estar a mentir quando diz que está satisfeito por ir pagar o subsídio de férias aos trabalhadores da função pública dos Açores, como consequência da recente decisão do Tribunal Constitucional (TC).

Se o Governo Regional tivesse gosto em atribuir o subsídio em questão, poderia tê-lo feito sem esperar pelo chumbo do TC, uma vez que o Estatuto Político-Administrativo dos Açores concede a autonomia para tomar esta decisão de forma unilateral. Portanto, este subsídio nunca deveria ter sido retirado.

“O Governo Regional confiscou os subsídios aos funcionários públicos da Região pelo simples facto de estar tão amarrado à Troika quanto o PS e PSD no continente”, disse Zuraida Soares.

O BE sempre defendeu que os súbsídios não deveriam ter sido retirados, e apresentou, por diversas vezes, propostas concretas para impedir que isso acontecesse. Porpostas que infelizmente nunca tiveram o apoio da bancada do PS no parlamento açoriano.