Share |

O novo governo regional não traz “a mudança de que os Açores precisam”

“Quando estamos perante a maior crise social e económica das nossas vidas, o novo governo regional propõe-se a reduzir os apoios sociais. Não é dessa mudança que a Região precisa”, disse António Lima, líder parlamentar do Bloco de Esquerda, na reação ao discurso do presidente do Governo na cerimónia da tomada de posse que decorreu hoje no parlamento.

“Ouvimos o presidente do Governo dizer que não se podia acrescentar crise social à crise económica”, mas é preciso não esquecer que uma das principais medidas que constam dos acordos celebrados entre os partidos de integram o governo e os partidos que o suportam no parlamento é precisamente “a redução dos apoios sociais”, assinalou António Lima.

O coordenador do Bloco de Esquerda lamentou ainda que o governo liderado por José Bolieiro, que hoje inicia funções, pretenda insistir e aprofundar a estratégia errada que já estava a ser seguida pelo PS, de redução do sector público, através da privatização de empresas públicas de sectores estratégicos para o futuro da Região, como nos transportes e nos portos, inclusivamente as que dão lucro, e que deviam ficar nas mãos da Região, para servirem o interesse público e não interesses privados.

O Bloco de Esquerda aguarda agora a apresentação do Programa de Governo e a primeira proposta de Plano e Orçamento para analisar com maior detalhe o caminho que este governo pretende fazer.