Share |

Plano de Reabilitação Urbana para criar emprego imediato na construção civil

 

A cabeça de lista do BE salienta a importância de evitar uma maioria absoluta do PS: “Sem marioria absoluta surge a humildade democrática e a obrigação de ouvir as boas propostas dos partidos da oposição”.

O Bloco de Esquerda colocou, simbolicamente, esta tarde, uma faixa numa prédio abandonado no centro de Ponta Delgada com a mensagem “Aqui podia viver gente”, como forma de chamar a atenção para todas as vantagens da implementação de um Plano de Rebilitação Urbana: “mais emprego, dinamização da economia, baixa dos preços das rendas”.

O Plano de Reabilitação Urbana proposto pelo Bloco de Esquerda prevê a recuperação de imóveis e espaços públicos através da celebração de protocolos entre Governo Regional e Câmaras Municipais, assim como uma linha de crédito de 50 milhões de euros, com dois anos de carência, sem juros, destinados à recuperação de imóveis particulares.

Em declarações aos jornalistas, Zuraida Soares deixou críticas aos candidatos de PSD e PS: Berta Cabral, que agora considera que a degradação urbana é injustificada, esqueceu-se que foi presidente da autarquia de Ponta Delgada, onde existem milhares de edifícios abandonados, e Vasco Cordeiro, que agora reclama parte desta proposta do Bloco de Esquerda, tem que explicar porque razão o Governo a que pertenceu investiu tão pouco nesta área.