Share |

Alexandra Manes insiste na rearborização da ilha Terceira

Alexandra Manes defende a implementação urgente de um plano de arborização na ilha Terceira e critica o sucessivo abate de árvores e podas mal executadas, situações que se repetem desde 2011.

Numa ação simbólica, na Avenida Infante D. Henrique, Alexandra Manes referiu que o BE sempre se insurgiu contra o abate sucessivo, sem que se procedesse a uma rearborização.

O local escolhido deveu-se à recente poda das árvores existentes nesta avenida, sabendo-se já que as mesmas serão abatidas.

“Embora Álamo Meneses afirme que haverá a rearborização deste espaço, não nos esquecemos que em 2013 disse o mesmo acerca da Avenida Álvaro Martins Homem e até hoje essa avenida permanece sem qualquer árvore, portanto nada nos garante que fale a verdade.”, afirmou Alexandra Manes.

Alexandra Manes relembrou que as árvores não têm só um papel estético, mas têm muitos outros benefícios: refrescam o ar, filtram a poluição, reduzindo o risco de doenças respiratórias, protegem do vento e das enchentes, um problema desta cidade, reduzem o ruído, e aumentam a biodiversidade.

“Não podemos ser coniventes com quem não respeita o ambiente e não reconhece o papel importantíssimo das árvores.”, acrescentou Alexandra Manes.

São imensos os casos de cidades e regiões que têm um plano de arborização, no entanto, na Região, não parece haver essa preocupação.