Share |

BE apresenta “ideias consistentes, exequíveis e com ambição para mudar os Açores”

O Bloco de Esquerda tem “ideias consistentes, exequíveis e com ambição para mudar os Açores”, afirmou António Lima, primeiro candidato do partido às eleições regionais por São Miguel e pelo Círculo Regional de Compensação. Na entrega das listas, o coordenador regional do partido destacou o facto de o BE ter apresentado listas em todas ilhas, havendo cinco mulheres e quatro homens como cabeças-de-lista. Melhorar a votação de há quatro anos é o objetivo.

António Lima aponta como prioridades para os próximos quatro anos o reforço dos serviços públicos – em particular a implementação de novas soluções para combater as listas de espera na Saúde – e a transformação da economia dos Açores numa economia que garanta futuro e estabilidade para os jovens e que atraia pessoas que, mesmo não sendo dos Açores, encontrem aqui um melhor sítio para viver, contribuindo com o seu saber e com a sua capacidade de trabalho.

Para dar um exemplo da ambição e da capacidade do BE em apresentar propostas estruturantes e decisivas para o futuro dos Açores, o líder do BE salientou a proposta de desenvolvimento de um grande Centro de Investigação do Mar nos Açores, que o BE apresentou há 16 anos, e que agora consta do plano de recuperação do país solicitado pelo Governo da República a António Costa Silva.

Apesar de o BE insistir nesta proposta ao longo dos últimos 16 anos, o PS “nunca a levou a sério”, e até a “desdenhou”. Por isso, António Lima desafia Vasco Cordeiro a pronunciar-se sobre ela, agora que o Plano de Recuperação Económica do país defende a mesma ideia.

Susana Margarido, socióloga e escritora, é a mandatária regional da candidatura do BE.

O BE tem atualmente um grupo parlamentar composto por dois deputados – um eleito por São Miguel e outro pelo Círculo Regional de Compensação – no parlamento dos Açores.